Conversa íntima

Homem também tem câncer de mama

Os homens também são afetados pelo câncer de mama, porém numa proporção menor em relação às mulheres. A cada 100 mulheres, um homem apresenta a doença.

O câncer de mama acomete o homem na 6ª década de vida e é diagnosticado mais tardiamente, já que homens não são submetidos ao rastreamento como acontece com as mulheres.

O câncer de mama masculina é normalmente diagnosticado através do autoexame das mamas e manifesta-se como uma nodulação palpável abaixo do mamilo, unilateral, podendo ser ou não dolorosa, que pode ser confundida com a ginecomastia, aumento benigno da mama masculina, geralmente bilateral e comum nos idosos.

Doenças nos testículos, no fígado e o alcoolismo podem predispor ao câncer de mama masculina.

O tratamento cirúrgico é a mastectomia com biópsia do linfonodo sentinela ou linfadenectomia (retirada completa dos gânglios da axila) e o tratamento pós-cirúrgico é o mesmo aplicado às mulheres.

Mulheres com homens na família com câncer de mama são consideradas de alto risco para a doença.

Comentários bloqueados.