Conversa íntima

Uso de repelentes na gestação

As gestantes podem e devem usar repelente contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças: Dengue, Chikungunya e Zika. O Zika Vírus está associado ao atual surto de microcefalia em récem-nascidos. Os princípios ativos dos repelentes, seguros para as gestantes, são: DEET, Icaridina e IR3535. Todos foram testados pela Anvisa e tiveram sua eficácia comprovada. Os repelentes são parte das medidas de prevenção contra as doenças transmitidas pelo mosquito.

Uso correto dos repelentes
 Os repelentes que podem ser usados durante a gestação estão listados na tabela em anexo. Os repelentes possuem diferentes apresentações, concentrações e tempos de ação.
 Devem ser aplicados no máximo 3 vezes ao dia e em todas as áreas expostas do corpo, exceto próximo dos olhos, boca e nariz.
 Não devem ser aplicados embaixo das roupas.
 Lave as mãos após a aplicação.
 Hidratantes e filtros solares devem ser aplicados antes dos repelentes, que são aplicados a seguir, após 30 minutos, com a pele seca.
 Não se deve dormir com repelente. Remover o produto no banho antes de dormir.

Qual o melhor?
 Estudos demonstraram que a Icaridina protege mais contra o mosquito que o DEET.

Outras medidas de prevenção
 Instalar repelentes elétricos próximos a portas e janelas.
 Não usar hidratantes e cosméticos perfumados. O perfume atrai o mosquito.
 Usar roupas claras e folgadas, de manga longa e calça comprida.
 Usar ar condicionado ou ventilador para resfriar o ambiente.
 Evitar o acúmulo de água em recipientes, vasos, caixas d’água, baldes, pneus, etc.
 Instalar telas nas portas e janelas.
 Instalar mosquiteiros em camas e berços. O repelente em spray pode ser aplicado sobre o mosquiteiro.

 

Repelentes

Comentários bloqueados.